Principais Falhas no Arranque de um Gerador

Funcionamento Gerador Grupel

Principais Falhas no Arranque de um Gerador

A manutenção preventiva é o ponto importante a ter em conta para se conseguir prevenir de falhas no funcionamento do gerador. No entanto, uma falha inesperada pode acontecer por diversos motivos.

A seguir estão alguns dos principais motivos da falha no arranque de um gerador:

  • Falha de bateria

A grande parte das falhas no arranque do gerador está relacionada com a bateria. Uma grande percentagem desta falha está relacionada com a acumulação de sulfatos de chumbo nas placas da bateria acabando por as inutilizar. A compra de bateria sem manutenção é uma opção que minimiza o problema, mas mesmo assim, é necessário prestar atenção nas orientações do fabricante para a sua manutenção ou troca.

  • Ar no sistema de combustível

Quando temos um gerador muito tempo sem trabalhar pode haver a possibilidade de alguma entrada de ar, originando falha no arranque do equipamento. Para evitar que isso aconteça, é importante fazer ensaios semanais ao gerador. Ao ser criado este hábito vai ajudar a manter o bom funcionamento do equipamento e a evitar possíveis falhas antecipadamente.

  • Fuga de combustível

As fugas de combustível podem ocorrer em sistemas que não têm manutenção periódica ou que estão expostos a ações do tempo em locais inadequados. Isto pode causar rachaduras nas mangueiras e válvulas por onde o combustível passa. A fuga de combustível, pode originar o problema anterior de ar no sistema, causando ainda mais falhas no gerador.

  • Carbonização

Os geradores com motor diesel, geralmente são projetados para operar com uma carga de 70% a 80% da saída nominal. Essa é a melhor forma de garantir a eficácia do sistema. Os geradores a funcionar com uma carga baixa por um longo período de tempo, acumulam restos de combustível em forma de partículas carbonizadas e outros resíduos como óleo, água condensada e outros ácidos. Para fazer uma limpeza do sistema e evitar falhas no gerador, é recomendado que o motor funcione em plena carga num período de tempo de forma a queimar o excesso de combustível.

  • Problemas com disjuntores e/ou fusíveis

Caso haja falhas no gerador devido a um disjuntor desarmado ou um fusível queimado, deve-se primeiro averiguar o motivo. Dessa forma poder-se-á atuar ao problema de forma a solucioná-lo. Forçar o rearmamento do disjuntor ou a substituição de fusível pode causar graves danos ao sistema, que agiu de forma preventiva para deter uma sobrecarga, um curto-circuito ou outros riscos.

Hugo Luís
Responsável de Assistência Técnica e Pós-venda

Share this post


preloader