As características dos geradores para data centers

Geradores para data centers

As características dos geradores para data centers

Graças aos avanços tecnológicos das últimas décadas, vivemos a era da digitalização. O crescimento e globalização da internet, das estruturas e conhecimentos informáticos, e o desenvolvimento das novas tecnologias da informação e comunicação levaram a que atualmente a grande maioria da informação seja produzida e armazenada informaticamente.

Empresas, governos, instituições e pessoas de todo o mundo geram diariamente grandes quantidades de dados que, via telemóvel, computador, internet e redes móveis, partilham, guardam, e fazem depender os seus trabalhos, tarefas e atividades quotidianas.

Por esta razão, os data centers apresentam requisitos energéticos muito exigentes e rigorosos, pois requerem eletricidade estável para funcionar e manter negócios, comunicações e infraestruturas em linha 24 horas por dia.

É, por isso, necessário garantir um fornecimento de energia contínuo e fiável, já que uma falha, por breve que seja, pode significar grandes perdas de informação e, em última análise, grandes prejuízos para negócios e pessoas.

O uso de um ou mais geradores no apoio ao funcionamento de um data center pode realmente fazer a diferença, uma vez que garante a estabilidade energética necessária para assegurar o funcionamento dos servidores e demais equipamentos da instalação e, desta maneira, protege a integridade dos dados.

Estes grupos eletrogéneos devem ser robustos e com potências adequadas a demandas exigentes. Além disso, devem, também, estar preparados para funcionar continuamente, evitando oscilações na transmissão de energia elétrica, ou para operar em caso de quebra de energia, ajudando o sistema a manter-se ativo e prevenindo grandes perdas.

Adicionalmente, estas instalações têm a especificidade de operar em ambiente refrigerado e por isso com uma temperatura controlada, o que significa que as estruturas adjacentes, como sistemas de ar condicionado ou de refrigeração dependem, igualmente, de um fornecimento energético estável.

Os data centers não podem, de facto, parar e o seu funcionamento, como já referido, obedece a algumas condições específicas, pelo que os geradores de apoio a estas instalações têm também algumas características próprias:

  • Podem funcionar quer em regime contínuo, sendo a fonte principal de energia, quer em regime de emergência, operando em caso de falha da rede
  • Devem ser capazes de funcionar durante longos períodos e, por isso, devem estar equipados com depósitos combustível de grande autonomia
  • Pela mesma razão, os motores e sistemas utilizados, devem ser o mais eficientes possível para evitar consumos desnecessários e desmedidos
  • O motor é normalmente de regulação eletrónica, já que é fundamental garantir as condições de tensão e frequência ótimas, em caso de falhas e quebras
  • No caso de se tratar de grupos eletrogéneos de emergência, são, muitas vezes, equipados com sistema de arranque redundante, para garantir a 100% o arranque do gerador em momentos críticos. Estes sistemas podem ser elétrico + hidráulico ou elétrico + pneumático
  • Também é comum incluírem um disjuntor com proteção diferencial, para proteção contra sobrecargas, curtos-circuitos e contactos indiretos
  • Podem ter várias potências, dependendo do consumo energético da instalação, e, em projetos mais exigentes, é possível utilizar mais do que um gerador a funcionar em paralelo
  • A manutenção periódica é fundamental para garantir uma longa vida e o funcionamento correto do equipamento

A Grupel garante flexibilidade e adaptabilidade a qualquer aplicação. Conheça os nossos projetos.

Share this post


preloader