Projeto militar do ponto de vista da Engenharia

Projet militaire Grupel

Projeto militar do ponto de vista da Engenharia

Os geradores deste projeto militar caracterizam-se por ter especificações muito completas, nos quais existem muitos requisitos e detalhes destinados a facilitar o uso destes ao utilizador.

Ao longo do desenvolvimento deste projeto militar pretendemos criar um sistema de implantação rápida onde todos os elementos têm que permitir uma montagem e desmontagem agilizada, tendo como base o Plug & Play, com a finalidade de ajudar o utilizador em terreno.

O equipamento de engenharia resultou em dois tipos de centrais de energia, PSS35 e PGS10: a PSS35 está formada em dois reboques PGS35 e um reboque PDU (Primary Distribution Unit). Cada PGS35 está composto por 2 geradores de 35kW que poderá funcionar em modo AMF, em modo remoto recebendo ordens a partir do sistema do cliente, ou em modo paralelo entre geradores através da PDU. A PGS10 está formada por um reboque com 2 geradores de 10kW que trabalham em alternância, podendo também funcionar em modo AMF e em modo remoto.

Criámos grupos robustos que permitem ao usuário arrancar com o gerador num intervalo de temperaturas que vai dos -30º a 50ºC para além de que poderão funcionar com combustível aeronáutico. Com estes requisitos, conseguimos levar a cabo a eleição do motor e também dos periféricos que permitem o funcionamento correto do gerador nestas condições. De igual modo, também foi necessário um estudo de configurações distintas de 2 geradores no reboque para evitar o sobreaquecimento quando se colocam enfrentados e com falta de espaço para trabalhos de manutenção quando se colocam em paralelo. Contudo, este problema foi resolvido pelo departamento de engenharia na vertente mecânica, encontrando uma solução que evita o sobreaquecimento e que facilita a manutenção e verificação do grupo.

Ao ser um sistema Plug & Play, a Grupel criou um sistema que permite o transporte de todo o material necessário para uma operação mesmo dentro do próprio reboque. Ou seja, em todos os grupos, estão todos os acessórios, ferramentas, mangueiras e cabos necessários para a implantação do sistema PSS35 e PGS10. Todos os cabos e mangueiras estão fornecidas nas bobinas, o que facilitará na implantação em campo, contudo, este foi um desafio para o departamento de engenharia que com as limitações de peso, dimensões impostas pelas regras da estrada, medidas máximas permitidas para o transporte por avião, e não desenhar apenas os geradores em reboque como também as centrais de energia móveis completas.

Por último, destacamos os altos padrões de qualidade que a Grupel assumiu com este projeto que teve de assumir a realização de testes pouco habituais. Realizámos testes de arranque a frio, em que testámos a fiabilidade de arranque a -30ºC, testes de estrada em conjunto com o reboque-geradores, ao qual estes foram submetidos a ensaios de rolamento em que simulámos condições menos favoráveis, como poderão acontecer no terreno, pois trata-se de um possível ambiente de guerra. Ambas as provas referidas foram aprovadas e validadas pelo cliente.

Raquel Martinez
Gestora de Projeto Propostas Especiais

Share this post


preloader